Lindas mensagens…

 
.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥.♥ღ ♥♥

 

.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥.♥ღ ♥♥

Olá.. bom estar aqui novamente…
a vc que me visita agradeço seu carinho,
hj foi um longo dia calor demais.. mas foi
produtivo graças a Deus, trabalhei bastante..
meditei tb em mtas coisas, bem aqui add mgs
que leio, gosto… me faz bem.. adoro
hj n to tãoo inspirada  a usar minhas palavras mas
amanhã é outro dia…
e a vcs desejo final de semana  maravilhoso..
ahhh amanhã tenho um casamento pra ir..
esse promete.. tô ansiosa..
quero me divertir mtoo… amanhã te conto..rsrsrs ou no domingo..rsrs
milll beijinhoss e se cuidem..  S2
 
 
.♥ღ ♥.♥.♥.♥.♥.♥.♥ .♥
.A vida me ensinou…
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tira-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostra-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Aprender com meus erros.
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo, a ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A pedir perdão;
A sonhar acordada;
A acordar para a realidade!!!

.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥.♥ღ ♥♥

.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥.♥ღ ♥♥

De passadas tristezas, desenganos
amarguras colhidas em trinta anos,
de velhas ilusões,
de pequenas traições
que achei no meu caminho…,
de cada injusto mal, de cada espinho
que me deixou no peito a nódoa escura

duma nova amargura…
De cada crueldade
que pôs de luto a minha mocidade…
De cada injusta pena
que um dia envenenou e ainda envenena
a minha alma que foi tranquila e forte…
De cada morte
que anda a viver comigo, a minha vida,
de cada cicatriz,
eu fiz
nem tristeza, nem dor, nem nostalgia
mas heróica alegria.

Alegria sem causa, alegria animal
que nenhum mal
pode vencer.
Doido prazer
de respirar!
Volúpia de encontrar
a terra honesta sob os pés descalços.

Prazer de abandonar os gestos falsos,
prazer de regressar,
de respirar
honestamente e sem caprichos,
como as ervas e os bichos.
Alegria voluptuosa de trincar
frutos e de cheirar rosas.

Alegria brutal e primitiva
de estar viva,
feliz ou infeliz
mas bem presa à raíz.

Volúpia de sentir na minha mão,
a côdea do meu pão.
Volúpia de sentir-me ágil e forte
e de saber enfim que só a morte
é triste e sem remédio.
Prazer de renegar e de destruir
o tédio,

Esse estranho cilício,
e de entregar-me à vida como a
um vício.

Alegria!
Alegria!
Volúpia de sentir-me em cada dia
mais cansada, mais triste, mais dorida
mas cada vez mais agarrada à Vida!

Fernanda de Castro, in “D’Aquém e D’Além Alma”

   

.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥ღ ♥.♥.♥ღ ♥♥

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. Obrigada pela sua visita!!!... Beijinhoss..

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s